Kak Wikipdia, a enciclopdia livre

Kak Wikipdia, a enciclopdia livre

Mateus Solano está muito bem no papel de Virgílio, o protagonista do filme (Foto: Divulgação)

Ao longo de sua história, o cinema nacional já mostrou diversas facetas. Das pornochanchadas aos filmes cabeça, das produções sociais aos longas de ação, da comédia pastelão aos dramas históricos. Comédia romântica não chega a ser uma novidade por aqui, mas Talvez Uma História de Amor, do diretor santista Rodrigo Bernardo, chega mais americanizado. Não apenas por ter gravado algumas cenas em Nova Iorque ou contar com a atriz norte-americana Cynthia Nixon (a Miranda, de Sex and the City) em seu elenco.

O longa brasileiro escancara suas referências como os filmes Harry e Sally - Feitos um Para o Outro (1989), Sintonia de Amor (1993) e A Vida Secreta de Walter Mitty (2013).


É uma cópia desses filmes? Longe disso! Talvez Uma História de Amor é uma adaptação do romance francês de mesmo nome, de Martin Page (o mesmo autor de Como me tornei estúpido), que foi lançado no Brasil pela Rocco.


Bernardo, que é mais conhecido pelo seu trabalho em curtas e na série (Des)encontros, do Canal Sony, teve muito cuidado para amarrar a história do início ao fim. E quem não lê a sinopse (acredite, muita gente ainda faz isso) antes do filme, ficará com dúvidas até a conclusão da história. Mas não darei spoilers. Prometo!


Vale uma menção honrosa para as imagens aéreas (provavelmente captadas com drone) de São Paulo e Nova Iorque. São cenas lindas e que compõem bem com toda a história. Mas vamos ao enredo...

Quando chega em casa, depois de mais um dia corriqueiro no trabalho, Virgílio (Mateus Solano) liga a secretária eletrônica e ouve um recado perturbador. É uma mensagem de Clara (como muita gente se perguntou quem era no cinema, nem citarei o nome da atriz), comunicando o término do relacionamento dos dois. Virgílio, contudo, não faz a menor ideia de quem é Clara. 


Perturbado devido ao seu jeito metódico e controlador, ele não se lembra de ter se relacionado com ninguém, mas todos ao seu redor pareciam saber do relacionamento dos dois, perguntando como ele está se sentindo com o término. Agora, ele precisa encontrar essa mulher misteriosa. 


A escolha de Solano para ser o protagonista foi outro acerto do filme. O brasiliense vem se mostrando um ator consistente há tempos. Não à toa, fatura quase todos os prêmios de crítica desde 2009, quando interpretou os gêmeos Miguel e Jorge, em Viver a Vida, da Rede Globo. Ganhou ainda mais expressão como Félix Rodriguez, em Amor à Vida (2013), na mesma emissora. Isso sem falar em suas atuações no teatro, que também renderam algumas estatuetas, a mais recente com Selfie, que ficou em cartaz até 2017.


Outra boa surpresa no elenco é Marco Luque. Sei que ele tem uma grande base de fãs, mas não esperava muito dele nesse filme. Luque, no entanto, consegue ser engraçado sem parecer caricato. Ele faz um companheiro de trabalho de Virgílio.


Particularmente, me identifiquei também com a trilha sonora, que tem a islandesa Of Monsters and Men (também presente no filme A Vida Secreta de Walter Mitty), Frank Sinatra e a banda santista Charlie Brown Jr. O diretor, aliás, tem uma ligação com o falecido vocalista, Chorão.


Talvez Uma História de Amor. Brasil. 2018. Direção e produção de Rodrigo Bernardo. Roteiro de Alex Dantas, inspirado no livro de mesmo nome do escritor francês Martin Page. Com Mateus Solano, Thaila Ayala, Bianca Comparato, Dani Calabresa, Nathalia Dill, Paulo Vilhena, Marco Luque, Juliana Didone, Cynthia Nixon, Totia Meirelles, Cláudia Alencar, Elisa Lucinda e Jacqueline Sato.

Em cartaz : Cinemark Praiamar, Roxy Pátio Iporanga

Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 2
Festival Santos Caf movimenta Centro com msica e bebidas
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 32
The Best 2017: Melhores jogadores do mundo - Curiosando
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 32
Copa do Mundo de 2010, frica do Sul: Tudo sobre a Copa
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 47
Club Atltico Boca Juniors : Estatsticas : Ttulos
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 2
Jogadores mais bem pagos do mundo em 2018; e as
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 30
Do UOL, em So Paulo - UOL Copa do Mundo 2018
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 82
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 60
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 73
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 78
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 49
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 63
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 90
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 29
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 58
Kak Wikipdia, a enciclopdia livre 100